Lwart Lubrificantes é destaque no programa Momento Vox da TV Band

08/11/2019 | Lwart Lubrificantes



Lwart Lubrificantes Momento Vox TV Band

A coleta do óleo lubrificante usado e contaminado (OLUC) e o processo de rerrefino deste resíduo foram os destaques da edição de 27 de outubro do programa Momento Vox, da TV Band. Gravada na unidade da Lwart Lubrificantes, em Osasco (SP), a matéria trouxe a importância da atividade não só para o meio ambiente, mas também para a economia do país.

Destacou também o que consumidores e empreendedores – como donos de concessionárias, postos de gasolina e oficinas – podem fazer para melhorar a gestão de seus resíduos e colaborar para a preservação dos recursos naturais.

A Importância do Rerrefino

A logística reversa do OLUC no Brasil é muito bem estruturada, considerada um caso de sucesso e referência para outros setores do Brasil e no mundo.

Atualmente 50% do óleo lubrificante que se produz no Brasil provém do rerrefino, processo que transforma um resíduo perigoso ao meio ambiente em produto nobre. “Esse ainda é um número pequeno mas podemos crescer, as rerrefinarias possuem capacidade ociosa. Precisamos sensibilizar os geradores, as oficinas e concessionárias, mas principalmente, o cidadão comum, que gosta de automóvel e tem que se preocupar com seus resíduos. É importante que esse óleo volte para a cadeia produtiva em um ciclo de economia circular” destacou Manoel Browne, Diretor de RI, Sustentabilidade e Jurídico da Lwart Lubrificantes.

A matéria salientou também que, no Brasil, esse trabalho começou na década de 60 estimulado pelo viés econômico, pois era uma forma de reduzir a dependência da importação de derivados do petróleo.

Hoje, da mesma forma, o rerrefino segue como um importante aliado da economia, abastecendo o mercado interno de óleos básicos e reduzindo volume de importações. Mas também é reconhecido como uma valiosa ferramenta para a questão ambiental. Ao rerrefinar e apoiar o descarte legal deixamos de contaminar mares, rios e solos e assim reduzimos a emissão de metais pesados na atmosfera.

Outro ponto importante é que, após o processo de rerrefino, o óleo lubrificante usado fica novo novamente, pronto para o uso. A partir desta transformação do resíduo em produto nobre, a Lwart Lubrificantes atende aproximadamente 40% do mercado nacional de óleos básicos Grupo II. Vale salientar ainda que a empresa é a única refinaria no país a produzir este tipo de óleo básico. “Depois de todo o processo de logística reversa – de recolher o óleo, trazer para o Centro de Coleta e levar para a reciclagem -, tiramos toda a contaminação e transformamos esse resíduo em óleo mineral básico de altíssima qualidade. Nós vendemos esse óleo para as formuladoras de lubrificantes, que colocam os aditivos necessários que voltam para os nossos motores e equipamentos” explicou Manoel.

Responsabilidade de Todos

E qual a responsabilidade do cidadão comum, das empresas e empreendedores? Um bom armazenamento com cobertura e bacias de contenção são requisitos indispensáveis para qualquer um que tenha seu negócio.

É muito importante também, conhecer a fundo a empresa que faz a coleta. O resíduo precisa ser encaminhado para um coletor devidamente autorizado pela Agência Nacional do Petróleo e Biocombustíveis (ANP), que possua as licenças ambientais, cumpra todos os requisitos necessários para a coleta e transporte de resíduos perigosos e por fim, destine o este óleo coletado para o rerrefino.

A gestão adequada de resíduos possibilita a renovação de autorizações e licenças períodos mais longos. As boas práticas zelam pela reputação dos estabelecimentos e também são essenciais para evitar riscos e passivos ambientais. Gerir uma empresa com comprometimento ambiental é um bom negócio. Ganha a empresa, ganha a sociedade e ganha o meio ambiente.

No Brasil, a legislação ambiental é bastante rígida. O descumprimento das normas, como a prática da queima ou descarte ilegal do óleo lubrificante, pode levar à aplicação de multas e embargos dos estabelecimentos. “Ter uma oficina hoje que seja modelo, preocupada com a preservação do meio ambiente, é um diferencial. E o cidadão, por sua vez, deve se preocupar também com o local onde descarta o seu óleo usado. Uma receita simples e à disposição de todos empreendedores do setor e consumidores”, finalizou Manoel.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

15 − quatro =