Grupo Lwart registra crescimento de 9% em 2017

06/03/2018 | Grupo Lwart



Grupo Lwart registra crescimento 2017

O Grupo Lwart encerra o ano de 2017 com faturamento de R$ 911 milhões, valor que se refere à soma das receitas das duas unidades de negócio, a Lwart Lubrificantes e a Lwarcel Celulose. O faturamento ficou acima do projetado inicialmente de R$ 840 milhões e representa um crescimento de 9% em relação à receita de 2016, que foi de R$ 837 milhões, impulsionada principalmente pela evolução positiva dos preços ao longo do ano.

Mesmo em um cenário indefinido tanto no aspecto político como econômico, o Grupo Lwart, nos últimos dois anos, manteve o foco na solidez financeira, redução de custos, produtividade e eficiência operacional. A empresa continuou a realizar investimentos em diversas frentes como: a formação de florestas, a plataforma de tecnologia e o desenvolvimento e capacitação das equipes, de olho no futuro e confiante na retomada do crescimento do país. Em 2017, foram investidos R$ 81 milhões.

Para Carlos Renato Trecenti, presidente do Grupo “foi necessário fazer diversos ajustes e mudanças para enfrentar os efeitos da recessão e da queda do preço do petróleo a partir de 2015. Mas, com esses esforços, construímos a base do crescimento futuro e estamos prontos para colher resultados melhores nos próximos anos”. A projeção para 2018 é que tanto a Lwart Lubrificantes como a Lwarcel Celulose tenham um faturamento maior que 2017, da ordem de 23% e 10%, respectivamente.

Lwarcel Celulose: recordes em produção e eficiência

Grupo Lwart registra crescimento 2017

A Lwarcel Celulose, que representa a maior parte do faturamento do Grupo (68%), obteve uma receita total de R$ 617 milhões, 18% acima do projetado no início do ano. O resultado é decorrente de uma série de fatores, dentre os quais se destaca a evolução positiva no preço da celulose, principalmente nos últimos seis meses.

A empresa também foi beneficiada pelos recordes de produção e de eficiência operacional alcançados em 2017. O volume total de produção foi de 264 mil toneladas, 4,1% acima dos 253,5 realizados em 2016. “Esses indicadores são reflexos não apenas de uma operação muito estável, mas também da gestão e da capacidade técnica da equipe, passando pela qualidade da madeira e o cuidado na manutenção”, afirma Pedro Stefanini, diretor geral.

Grupo Lwart registra crescimento 2017

A Lwarcel Celulose encerrou 2017 com uma área plantada própria de 52 mil ha, sem variação significativa em relação ao ano anterior. Em 2017, a empresa alcançou o Incremento Médio Anual (IMA) de 57 m3/ha/ano nas florestas de eucalipto com mais de três anos de idade, bem acima da média nacional que é de 35,7 m3/ha/ano, segundo o Relatório Anual da Indústria Brasileira de Árvores (ibá). Para 2018, o foco principal estará no plano de expansão da capacidade de produção, que continua em andamento.

Lwart Lubrificantes: foco na eficiência operacional e na evolução do mercado

Grupo Lwart registra crescimento 2017

Assim como a Lwarcel, a Lwart Lubrificantes fechou o ano de 2017 com faturamento superior ao do ano passado, de R$ 294 milhões, ante os R$ 233 milhões registrados em 2016. Em um cenário adverso desde 2015, no qual enfrentou a combinação de fatores negativos simultâneos, como a queda no preço do petróleo e a recessão econômica, a empresa concentrou esforços para promover melhorias nas operações, aprimorando a produtividade nas atividades de coleta e rerrefino e realizando os ajustes necessários.

“Manteremos o foco no crescimento, acreditando na recuperação da economia e, no próximo ano, teremos várias iniciativas acontecendo especialmente na atividade de coleta, como maior aproximação dos clientes e a melhora na operação logística, resultante dos investimentos que fizemos em tecnologia”, acrescenta Thiago Trecenti, diretor geral da Lwart Lubrificantes.

A Lwart Lubrificantes terminou o ano com crescimento tanto no volume de litros coletados como na receita advinda da venda de óleo básico rerrefinado. No total, foram 136 mil m3 de OLUC coletados, 3% a mais sobre os 132 mil m3 de 2016. O que representa 32% do total coletado no país. “Estes índices são sinais positivos do início de uma retomada, especialmente no último semestre. As perspectivas de crescimento para o ano que vem são positivas para o negócio”, avalia Carlos Renato Trecenti.

Aliado ao resultado obtido no ano, outro fator que dá confiança é que a visão estratégica do Grupo em migrar para um produto diferenciado se mostrou acertada. Em 2012, a Lwart Lubrificantes realizou o investimento de R$ 230 milhões em uma nova planta industrial, com capacidade de produção de até 160 milhões de litros por ano de óleo básico do Grupo II (GII), produto de alta qualidade em razão dos altos índices de pureza e desempenho, seguindo as especificações internacionais da API (American Petroleum Institute).

Entre 2013 e 2016, enquanto o mercado nacional de óleos básicos encolheu em 17%, puxado pela forte queda na demanda de óleo básico do Grupo I (-28%), a demanda pelo produto GII subiu 12% no mesmo período. “O desenvolvimento de motores com maior eficiência energética e menores níveis de emissões exigiu uma evolução técnica dos óleos básicos e aditivos apontando que o GII era o futuro”, diz Thiago Trecenti. De acordo com um estudo da consultoria Factor Kline, o consumo de GII no Brasil até 2021 deve ficar em 340 mil m³, com crescimento anual médio próximo a 5%.

Plataformas digitais dão salto de qualidade na atividade de coletaGrupo Lwart registra crescimento 2017

O Grupo Lwart também começou a colher, em 2017, os frutos da implantação da plataforma SAP, realizada em 2016 para dar sustentação ao crescimento projetado para os negócios e aumentar a eficiência operacional em todas as suas áreas e processos. Com ela, pôde obter maior integração, simplificar processos e aumentar a produtividade. Além disso, trouxe maior mobilidade para a atividade de coleta, uma vez que os coletores podem lançar dados como volume e preço diretamente no aplicativo, com maior eficiência e qualidade no atendimento. Adequada às práticas de Governança adotadas pelo Grupo, a plataforma é capaz de garantir alto nível de controle e informações ágeis para tomada de decisão.

Para 2018, o Grupo Lwart projeta ainda o lançamento de outra ferramenta tecnológica, voltada à educação corporativa, que permitirá aos colaboradores maior capacitação, por meio de treinamentos e intercâmbio de aprendizados.




COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Required fields are marked * *

*

vinte − catorze =